tempo.

Não escrevo há algum tempo, e nem sei bem o porquê. Falta pouco mais de um mês para o encerramento desse período e tem bastante coisa pra ser desenvolvida para as disciplinas, porém os primeiros passos dependem dos professores. Com isso, estou com uma sensação de pendências gigante, e sem paciência para todo o resto. Nada demais acontecendo, anyway.

Abriu um edital para cadastro reserva de estágio na Justiça Federal aqui da minha cidade. Nunca fui fã de direito e a perspectiva da remuneração maior que o usual acabou me motivando, além de não precisar passar por entrevistas e todo esse processo. Um dos livros que acabei recentemente falava das leis como forma de equilíbrio entre os interesses individuais, de uma forma que não havia parado pra pensar antes, e isso me deu um ânimo para aprender mais sobre como funciona toda essa coisa. Por um momento pensei na possibilidade de atuação como perita judicial ou criminal, até pesquisei sobre isso, mas… pra quem não curte nada o estudo de leis e tudo o que sabe sobre essa área é baseado em CSI, vamos por partes.

Essas ideias me forçam a tentar me conhecer melhor e mais rápido; escolher um objetivo pra tomar decisões que me levem até ele. Perco até a vontade de desenvolver aqui, porque sei que vai me levar pra mais confusão nos pensamentos. Em resumo, o conflito é: o desânimo que estou sentido agora faz parte do processo ou significa que devo abandonar o barco (outra vez)? Esse desânimo deve ser uma consequência de não ter um alvo, então seria uma decisão acertada abrir mão do que consegui até agora sem nem mesmo ter definido esse alvo??

Não é como se eu pudesse acelerar processos e conseguir as respostas; provavelmente só vou conseguí-las quando tomar decisões, arcar com as consequências, me movimentar… Mas há todo um background não muito favorável… Hunf.